top of page
  • Foto do escritorGrupo Prever

2023 Passou Mais Rápido? Velocidade da Terra, rotinas aceleradas e obsessão por produtividade altera

O tempo voa quando estamos nos divertindo, certo? Pode parecer que 2023 passou mais rápido do que imaginávamos, mas será que existe uma explicação científica para essa sensação?


Nesse texto, exploraremos três fatores que podem estar contribuindo para a percepção de que o ano está passando mais rapidamente: a velocidade de rotação da Terra, as rotinas cada vez mais corridas e a constante busca pela produtividade em nossas vidas.

Bússula com desenho do mada mundi

1. A Terra gira mais rápido que você pensa


Pode parecer inacreditável, mas os dias estão realmente passando mais depressa! Embora a Terra leve aproximadamente 24 horas para completar uma rotação, a exatidão do tempo é relativa.


Ao longo dos séculos, a medição do tempo evoluiu, passando da observação da posição do Sol para a precisão dos relógios atômicos, que definem a hora atual em nossos relógios. Além disso, a percepção humana do tempo é influenciada por experiências pessoais. Por exemplo, uma hora em uma fila pode parecer demorar, mas ao conversar com amigos, o tempo parece passar mais rápido.


Marcelo Schappo, professor de Física, explica que o tempo da Terra não é tão exato quanto pensamos. Ele compara o movimento da Terra ao de uma bailarina girando, destacando que vários fatores afetam a velocidade de rotação da Terra.


A duração do dia solar varia ligeiramente a cada dia, enquanto o dia civil segue o horário UTC com 24 horas exatas. Isso gera uma discrepância que é corrigida com a adição ou subtração de "segundos intercalares". A IERS monitora essa discrepância e decide quando aplicar esses segundos. Se a tendência atual de dias solares mais curtos continuar, pode ser necessário, pela primeira vez na história, remover um segundo de um dia no horário mundial.


2. Rotinas corridas e falta de tempo


Nossa sociedade moderna é caracterizada por um ritmo de vida acelerado. As pessoas têm rotinas cada vez mais ocupadas, com compromissos, trabalho, estudo, família e diversas atividades extracurriculares. O constante corre-corre e a sensação de falta de tempo para realizar tarefas podem levar a uma percepção distorcida do tempo.


Estudos sobre a percepção do tempo mostram que quando estamos ocupados e envolvidos em múltiplas tarefas, o tempo parece passar mais rápido. Isso ocorre porque não temos a oportunidade de parar e refletir sobre o que estamos fazendo, criando a sensação de que tudo está acontecendo em um piscar de olhos.


3. A obsessão por produtividade


A busca incessante pela produtividade é outra razão pela qual podemos sentir que o tempo está passando mais rápido em 2023. A cultura atual valoriza a eficiência e a realização constante de tarefas. Isso leva as pessoas a estarem sempre ocupadas, tentando fazer mais em menos tempo.


A sensação de que precisamos estar sempre produzindo algo pode distorcer nossa percepção do tempo. Em vez de desfrutar de momentos de lazer e relaxamento, muitos estão constantemente preocupados em aproveitar cada minuto do dia para serem mais produtivos. Isso cria uma pressão constante e a sensação de que o tempo está escorrendo pelos nossos dedos.


Em resumo, a sensação de que 2023 passou mais rápido pode ser atribuída a vários fatores, incluindo a diminuição na velocidade de rotação da Terra, rotinas agitadas e a busca incessante pela produtividade. Embora a aceleração do tempo seja uma percepção subjetiva, é importante lembrar a importância de desacelerar, aproveitar os momentos de lazer e encontrar um equilíbrio entre a produtividade e a qualidade de vida. Afinal, o tempo é um recurso precioso que não pode ser recuperado, independentemente de quanto ele pareça voar.


E ainda em tempo: conte com Plano Prever para aproveitar o que há de melhor na vida, enquanto a gente cuida de você e de quem você ama.



Comments


bottom of page